7 dicas para você sair na frente na recolocação no segmento automotivo

Tempo de leitura: 5 minutos

Procurar recolocação ou outra oportunidade de emprego, no atual momento da economia brasileira, é uma atividade que requer paciência e perseverança. Mas de maneira tímida, mesmo com índices econômicos anêmicos no Brasil, o segmento automotivo começa a mostrar sinais de recuperação. Segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), há previsão de incremento de 9,7% nas vendas de automóveis no País para este ano.

Esse é um sinal positivo para quem busca recolocação no segmento automotivo. Dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) indicam que, no primeiro trimestre deste ano, houve aumento de 30% na demanda de profissionais no setor em relação aos três primeiros meses do ano passado.

Em entrevista ao site AutoIndústria, Alarico Assumpção Jr., presidente da Fenabrave, apontou que os anos de 2015 e 2016 foram os mais difíceis do mercado automotivo nacional. A retração causou fechamento de 167 mil vagas de empregos somente no setor. Porém, com os primeiros indícios de recuperação econômica, essas vagas começam a retornar ao mercado.

recolocação no segmento automotivo

Mudança no comportamento do consumidor

Não só a crise econômica desafiou os profissionais do segmento automotivo nos últimos cinco anos. A era digital e as transformações no comportamento do consumidor também passaram a exigir novas habilidades de vendas e relacionamento.

De acordo com a pesquisa Car Buyer Journey 2018, um comprador de carros passa 14 horas e meia no processo de pesquisa e compra de veículos. Mas 60% desse tempo é gasto online e só 13% nas concessionárias. Ou seja, hoje o consumidor pesquisa muito sobre o veículo antes de ir à loja.

Além disso, uma pesquisa feita pela Ipsos aponta que, entre 2015 e 2017, houve retração de 20,6% na quantidade anual de carteiras de habilitação emitidas para jovens de 18 a 21 anos. Para essa geração, talvez não exista o sonho do carro próprio.

Essas mudanças no comportamento do consumidor indicam ao profissional que, se ele busca recolocação no segmento automotivo, deve se adaptar. Agora, nesse período de reabertura de vagas, o setor passará a exigir colaboradores que atendam às demandas da era digital. E não só isso: que já tenham domínio sobre quem é e o que deseja o novo consumidor.

 

Como se adaptar a essa nova realidade?

Estar antenado às novas realidades que compreendem o mundo digital se tornou indispensável para o profissional que busca recolocação no segmento automotivo.

Dados que analisam e comprovam um novo comportamento de consumo indicam que há uma necessidade de mudança na cultura das empresas e, principalmente, no perfil dos colaboradores. Do recrutamento ao treinamento, a seleção de profissionais deve priorizar pessoas que se adaptem à mudanças.

Se você é um profissional que busca recolocação no segmento automotivo, continue lendo! A gente listou 7 dicas cruciais para você sair na frente dos concorrentes na hora de buscar uma vaga:

1. Saiba trabalhar em equipe

É crucial ter facilidade em se comunicar e ter bom relacionamento com os colegas. Muitas vezes porque o sucesso de um setor depende de outro. Um exemplo é a relação dos vendedores do showroom com os colaboradores do contact centers das concessionárias. Ações em conjunto levam ao objetivo final, que é a venda de veículos.

2. Invista no desenvolvimento pessoal

Se você está desempregado, pode não ser o melhor momento para investir dinheiro em muitas coisas. Mas qualificação é sempre importante. Apostar em você pode valer a pena. Também é possível ir atrás de cursos gratuitos. Muitos emitem certificados e podem, realmente, fazer a diferença na hora da recolocação. Lembre-se que o mercado quer e precisa de gente qualificada! Você pode começar com os cursos de Marketing Digital gratuitos do Google Prime.

recrutamento de profissionais recolocação no segmento automotivo3. Esteja antenado

Explore as funcionalidades das redes sociais e as mantenha sempre atualizadas. Ferramentas como o LinkedIn são imprescindíveis atualmente. Você pode passar a frente de outro candidato se usá-la da forma correta.

4. Faça Networking

Acionar sua rede de contatos ainda é uma das maneiras mais eficientes de encontrar uma oportunidade. Afinal, elas conhecem o segmento de atuação e saberão informar ou te indicar para uma vaga.

5. Pense em outros caminhos

Buscar outras pessoas para encontrar vagas é uma postura proativa e que pode te ajudar. O LinkedIn é uma ótima ferramenta para procurar vagas de emprego. Mas, antes de se candidatar, pesquise se alguém que você conhece faz parte desta empresa. Isso pode ser visto de maneira positiva, uma vez que a indicação de uma pessoa dentro da empresa costuma causar mais confiança na hora do recrutamento.

6. Prepare-se para as entrevistas

Vá preparado para as entrevistas. Saber sobre a empresa pode contar pontos a favor na entrevista. Uma boa preparação é saber responder àquelas perguntas mais frequentes feitas pelos recrutadores. No entanto, respostas prontas nunca devem tomar o lugar da espontaneidade.

7. Cuide de si mesmo

É natural que as pessoas que procuram voltar ao mercado lidem com a ansiedade. Entretanto, é necessário exercitar a confiança e estar de bem consigo mesmo. Este momento pode ser o necessário para cuidar da saúde, aproveitar a família e se reorganizar.

 

 

Bônus: procure vagas e profissionais no lugar certo!

Saber onde buscar as vagas disponíveis é uma etapa fundamental à recolocação no segmento automotivo. O ideal é sempre buscar os portais de vagas ou soluções especializadas na área.

A boa notícia é que nem sempre essas ferramentas são pagas! Para ajudar as concessionárias a formarem os melhores times e os profissionais mais qualificados, a AutoForce lançou a plataforma AutoForce Jobs. É o primeiro portal gratuito de vagas para o setor automotivo.

Quem procura recolocação no mercado ou quer mudar de carreira pode criar um cadastro para ter acesso às oportunidades disponíveis. O currículo do candidato e o portfólio só ficam disponíveis para as empresas cadastradas.

Quer saber mais? Clique abaixo e acesse o AutoForce Jobs!

autoforce jobs plataforma novas relações de trabalho nas concessionárias

Posts recomendados para você